Confira a programação da abertura do Festival Aldir Blanc nesta sexta-feira (29)

O Festival Aldir Blanc, que irá reunir produções realizadas pelos artistas que vivem em Araraquara e foram selecionados pelo edital da Lei Aldir Blanc, tem início nesta sexta-feira (29), com apresentação de dez músicos/bandas locais. Os vídeos variados seguirão sendo exibidos até março, no canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube e Facebook. 

A música é destaque nos primeiros dias do festival (29, 30 e 31 de janeiro), às 20 horas. Os artistas responsáveis pela abertura nesta sexta-feira são: 2Part’s, Banda Main Station, Trio Zabumbê,  Nalini, Marcos Volpe, Romeu Rios, Trio 90 Acústico, Beto Oliveira, João Platino e Flor Morena e Juliano Leite.

O duo 2Part’s é formado por um músico e por uma musicista, sendo o acústico composto por duas vozes, um violão e uma meia lua, com repertório Pop/Rock, nacional e internacional e músicas autorais. Já banda Main Station realiza uma apresentação intimista, influenciada pelo rock inglês dos anos 60, fazendo uma ponte entre a tradição e a modernidade.

O Trio Zabumbê apresenta um repertório de jazz instrumental passando pelo blues, soul e música brasileira, com uma sonoridade forte, moderna e marcada pela criatividade e improvisação. Já a cantora Nalini traz para o festival um projeto com releituras de canções que fizeram sucesso nas melhores vozes femininas de todos os tempos. 

Marcos Volpe chega com o show “Começar de Novo”, apresentando releituras das mais famosas composições de Ivan Lins, abrangendo várias regiões harmônicas e criando seus próprios arranjos. Romeu executará, em uma performance ao vivo, um repertório sertanejo, fruto de pesquisas, releituras e novas formas de executar o gênero musical.

O Trio 90 Acústico leva ao público o samba e o pagode dos anos 90, com um som descontraído e acessível, apresentando um repertório variado.  O percussionista Beto Oliveira retrata, em sua apresentação, as divindades das religiões de matrizes africanas mais populares do Brasil, sua história e seus cânticos. 

João Paltino e Flor Morena formam uma dupla sertaneja composta por pai e filha e têm o objetivo de manter a música sertaneja raiz viva. Ao som de viola caipira juntamente com o violão grandes clássicos são interpretados. Por fim, o músico Juliano Leite apresenta canções que integram suas principais referências artísticas.

Números atualizados – A Secretaria Municipal da Cultura atualizou os números divulgados da Lei Aldir Blanc, que dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19.  

A União repassa aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios o valor de R$ 3 bilhões para a realização dos projetos artísticos e culturais referentes a LAB. Para Araraquara, os recursos são de R$ 1.549.737,74, tendo já sido utilizados R$ 1.535.000,00 e a previsão de devolução de R$ 14.737,74.  

Em Araraquara, a Chamada 002 (referente ao inciso II – Espaços Culturais) contemplou 43 projetos, a Chamada 003 (referente ao inciso III – Projetos Culturais) contemplou 170 projetos e a Chamada 004 (também referente ao inciso III) contemplou 200 projetos. Assim, foram gastos R$1.549.737,74, com R$ 14.737,74 a serem devolvidos à União. 

A seleção feita por meio de edital para o Festival Aldir Blanc buscou minimizar os impactos sociais e econômicos sofridos pelos(as) trabalhadores(as) da cultura, grupos, coletivos, espaços e territórios culturais no curso da pandemia da COVID-19. A Lei Aldir Blanc é uma iniciativa do Governo Federal que, em Araraquara, conta com o suporte da Prefeitura de Araraquara – por meio da Secretaria Municipal de Cultura e do FUNDOARA.

Programação – Com projetos contemplados (referentes aos editais 003 e 004/20), as exibições digitais começam nesta sexta (29) e seguem até março. A maioria das apresentações será realizada às 15 ou 20 horas.  

Depois da abertura nesta sexta (29), nos dias 04, 11, 18 e 25 de fevereiro, a partir das 15 horas, haverá a exibição de 20 vídeos diários das Oficinas Culturais. De 05 a 07 de fevereiro, às 20 horas, é a vez do Teatro. Os curtas-metragens selecionados serão exibidos nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro, às 16 horas. A arte circense é atração de 19 a 21 de fevereiro, com os vídeos apresentados a partir das 20 horas. Vale destacar que: no dia 17 de fevereiro, pelo Facebook, poderá ser acessado um link para a visualização de 03 fotografias selecionadas. 

Depois, no dia 24 de fevereiro, a partir das 15 horas pelo Facebook, poderá ser acessado um link para a exibição de 09 textos de literatura. De 26 a 28 de fevereiro, 60 vídeos com apresentações de linguagens artísticas diversificadas serão apresentados a partir das 20 horas (20 por dia). 

Uma postagem no Facebook da Prefeitura de Araraquara, no próximo dia 03 de março, divulgará um link para acesso a 15 obras de Artes Plásticas. Depois, nos dias 04 e 08 de março, continuam às 15 horas os vídeos das Oficinas Culturais. De 05, 06, 07 e 09 de março, sempre às 20 horas, tem vídeos de apresentações. Por fim, no dia 10 de março, três podcasts serão apresentados a partir das 20 horas.  

Toda a programação é gratuita.

SERVIÇO:

Festival Aldir Blanc

Data: sexta-feira (29 de janeiro)

Local: canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube e Facebook

Horário: 20 horas

Programação musical com: 2Part’s, Banda Main Station, Trio Zabumbê,  Nalini, Marcos Volpe, Romeu Rios, Trio 90 Acústico, Beto Oliveira, João Platino e Flor Morena e Juliano Leite

Grátis

Autor: Rita Motta

Jornalista, especialista em marketing digital, fotógrafa e professora na área de comunicação MTB: 22.736/SP

Compartilhar essa notícia em
468 ad